Início » Noticia » Em cinco anos, PM já atendeu mais de 10 mil mulheres vítimas de violência doméstica
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Em cinco anos, PM já atendeu mais de 10 mil mulheres vítimas de violência doméstica

sábado, 8 Agosto, 2020

O programa Patrulha Maria da Penha, executado por policiais militares da Companhia Independente Especial de Polícia Assistencial (ciepas), completou um ano, nesta sexta-feira (5), atendendo mulheres vítimas de violência doméstica.

 No Pará, as ações preventivas de combate à violência doméstica são executadas desde 2015 e a Polícia Militar celebra a data registrando mais de 10 mil atendimentos sem nenhum óbito.

O Projeto "Patrulha Maria da Penha" é desenvolvido por meio de um Acordo de Cooperação Técnica com o Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) e a Fundação ParáPaz.

Os militares que atuam no programa são especialmente treinados para fiscalizar o cumprimento das medidas protetivas, deferidas pelos juízes das varas de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Atualmente, a Patrulha Maria da Penha desenvolve esse trabalho preventivo com 119 mulheres e já atendeu mais de 600 vítimas de violência doméstica das varas de violência da capital.

COMBATE

O trabalho realizado pela Polícia Militar e pelos órgãos que formam a rede de proteção às mulheres vítimas de violência precisa do apoio da sociedade para reforçarem o enfrentamento à violência doméstica. De acordo com a lei nº 11340/06 (Maria da Penha), qualquer ação ou omissão baseada no gênero que cause lesão, morte, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial é considerada violência doméstica. Você pode denunciar por meio do 190 ou pelo 181.