Início » Noticia » Servidores da Fundação ParáPaz se mobilizam e doam sangue no Hemopa
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Servidores da Fundação ParáPaz se mobilizam e doam sangue no Hemopa

sexta-feira, 11 Novembro, 2022

Em um ato de amor ao próximo, a Fundação ParáPaz mobilizou servidores do órgão para serem doadores voluntários de sangue. Cerca de dez pessoas foram até a sede do Hemopa, no bairro de Batista Campos, em Belém, para realizar o procedimento. A iniciativa faz parte da gincana promovida pela Fundação Hemopa, intitulada “Instituição Cidadã – Todos Doando Sangue”. 

A técnica social Maria de Fátima Monteiro, 49 anos, uma das responsáveis por mobilizar os candidatos, disse que já é doadora e que sempre procura cumprir o período indicado, já que mulheres podem realizar 3 doações em 12 meses com intervalo de 3 meses e homens 4 doações no período de 12 meses, com intervalo de 2 meses. 

“Acho super importante essa questão de doar e incentivar outros doadores porque a gente sabe que é uma necessidade muito grande manter o banco de sangue. Gosto tanto que incentivei toda a minha família a ser doadora e fiquei feliz demais com a participação dos colegas aqui”, comemorou. 

A assistente social Betânia Mourão, que palestrou na sede da ParáPaz no dia 4, recebeu os servidores com entusiasmo e contou um pouco como funciona todo o procedimento, ressaltando que é obrigatório a apresentação do documento de identidade original, podendo ser a carteira de habilitação digital com o QR code, a carteira profissional ou carteira de Conselho. 

“Ao chegar no Hemopa o candidato passa pela identificação e apresenta o documento obrigatório, depois é encaminhado para uma pré-triagem que avalia pressão e nível de hemoglobina, posteriormente irá para a triagem e responderá algumas perguntas pertinentes à saúde, se estiver apto a doar será encaminhado ao terceiro momento que é bem especial pra gente que é a coleta de sangue em si, que demora entre 8 a 12 minutos, dependendo do fluxo de cada um, e o lanche ao final. Essa bolsa vai passar por todo um processo até chegar ao paciente podendo uma bolsa salvar até 4 vidas”, disse Betânia. A profissional ainda reitera que após 7 dias da doação o doador recebe os exames de sangue com todas as sorologias possíveis. 

Doador voluntário há mais de 10 anos, o assessor administrativo Roberto Miranda, de 33 anos, estava muito contente em participar junto a seus colegas de trabalho já que reconhece a importância da doação regular de sangue e sempre procura incentivar outras pessoas à aderirem também. 

“É uma satisfação sempre tá doando, ajudar outras pessoas. Quando eu venho posto fotos pra incentivar cada vez mais meus amigos. É tão rápido e a gente se sente bem ajudando quem precisa”, comentou Roberto que ainda informou que está cadastrado no Redome para ser doador de medula óssea, tudo em nome da solidariedade.

A campanha ocorre desde o dia 1º de novembro até o dia 22, e no dia 25, Dia Nacional do Doador de Sangue, a instituição que mais encaminhar doadores será certificada pelo Hemocentro. Quem puder realizar a doação em nome da ParáPaz, basta citar o código de cadastro ‘1257’,  que já contabiliza para a gincana.

 

Por Nathalia Mota (ParáPaz)