Início » Noticia » Em Ação Cidadania, ParáPaz garante atendimentos essenciais à população em Belém
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Em Ação Cidadania, ParáPaz garante atendimentos essenciais à população em Belém

terça-feira, 12 Janeiro, 2021

Iniciativa no bairro da Pedreira, na data de aniversário da capital, reuniu cinco secretarias e quatro órgãos estaduais, além de parceiros institucionais externos

12/01/2021 15h26
Por Nathalia Mota (PARAPAZ)
 

“O aniversário é de Belém, mas eu que recebi esse presente”, disse Raissa Monteiro, de 18 anos, com um sorriso largo no rosto ao finalizar o procedimento de emissão do seu primeiro documento de identidade. “Até a minha certidão de nascimento tenho só há dois anos. Como estou grávida, do segundo filho, vi o quanto a identidade é necessária, foi aí que decidi que tiraria hoje e que bom que deu certo e foi super rápido”, agradeceu a gestante, logo atendida e liberada. 

Este foi apenas um dos serviços essenciais entre os disponíveis nesta terça-feira (12) na programação realizada de 8h às 14h, na Aldeia Amazônica, no bairro da Pedreira, em Belém. A iniciativa faz parte das comemorações pelo aniversário de 405 anos da cidade. Entre os parceiros da ação, destaque para a Polícia Civil, Seaster, Defensoria Pública, Sespa, Sebrae, Sefa, Cosanpa, Sejudh (Procon), Detran, Equatorial Energia, Cohab, etc. 

Além da procura pela emissão de documentos, atendimentos médicos e orientações, diversas pessoas aproveitaram o momento para se informar sobre o cadastro no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea). Muita gente, inclusive, doou sangue na unidade móvel da Fundação Hemopa, instalada no local.

 

Entre os que doaram sangue, esteve a professora Graça Silva, 57. Pela primeira vez, ela realizou o procedimento. “Vim lá do Maguari pra tirar o RG com minha filha e acabei passando na frente do ônibus, conversei com a moça, que me disse que era fácil e rápido, aí fiz um cadastro e agora estou aqui, satisfeita de ter exercido a minha solidariedade e ter ajudado alguém”, afirmou Graça Silva.

A assistente social do Hemopa, Vanessa Pimentel, informou que "a coleta dura entre 5 e 10 minutos, é obrigatório estar com o documento de identificação com foto e que doar sangue é um ato saudável e necessário”. 

As medidas de prevenção contra a Covid-19 foram tomadas para proporcionar maior segurança aos moradores. "As senhas para todos os atendimentos foram limitadas para evitar aglomeração, o local é bem amplo e arejado, o uso de máscara foi obrigatório assim como o uso de álcool em gel 70%", observou o presidente da Fundação ParáPaz, Sidney Gouvêa.


O titular da Fundação Pará Paz afirmou ainda que "o importante é garantir o acesso à saúde, assistência social, emprego e renda para toda a população em vulnerabilidade social. E numa ação assim, o cidadão pode resolver várias pendências no mesmo local”.

Sidney Gouvêa ressaltou que o sucesso da programação foi resultado da parceria firmada entre órgãos do governo estadual e municipal, pensando sempre no melhor à comunidade. 

A Secretária de Saúde (Sespa) disponibilizou cinco médicos nas unidades móveis, sendo dois pediatras, dois clínicos e um ginecologista, além de outros serviços, como aferição de pressão arterial, glicemia, vacinação e testes rápidos de sífilis, HIV e hepatites virais.

“Geralmente eu vendo meus salgados na Cabanagem, mas hoje vou vender por aqui porque preciso resolver a minha certidão de nascimento e ser atendida por um médico”, disse a ambulante Iraci Ferreira de Araújo, 50. Ela apresentava dores nas costas. “Graças a Deus consegui tudo. Tô vendendo bem, ganhando meu dinheirinho ao mesmo tempo que resolvo meus problemas”, acrescentou.

Atendimentos - A Ação Cidadania é um programa do governo do Estado, realizado pela Fundação ParáPaz, e tem como objetivo levar serviços itinerantes à comunidade. Em dois anos de gestão, 30 municípios foram contemplados, 26 dos quais no interior e quatro da Região Metropolitana de Belém. No total, 61 edições do programa foram promovidas, somando mais de 90 mil atendimentos.

 

Foto: Ana Paula Lima / Ascom ParáPaz